Causas, sintomas e tratamento da sinusite e rinossinusite. Detalhamos os tipos de sinusite infecciosa, alérgica e traumática, sinusite aguda, sub-aguda, crônica e aguda recorrente. Abordamos os tratamentos naturais, médicos e alternativos.


quarta-feira, 17 de setembro de 2014

A Sinusite aguda

Sinusite aguda pode ser causada pelo resfriado comum, alergias e outras doenças crônicas ou pré-condições de saúde existentes.

A maioria dos casos de sinusite aguda começa com um resfriado comum, que é causado por um vírus. Os resfriados podem inflamar seus seios paranasais e causar sintomas de sinusite. A inflamação dos seios paranasais geralmente desaparece sem tratamento dentro de duas semanas. Quando a inflamação produzida pelo frio leva a infecção causada por bactérias, esta transforma-se numa infecção de sinusite aguda.
A inflamação causada como resultado do inchaço das membranas mucosas dos seios perinasais aprisiona o ar e muco por trás das aberturas dos seios apertados. Quando o muco fica dentro de seus seios torna-se incapaz de drenar em seu nariz, podendo tornar-se a fonte de nutrientes para as bactérias, e podendo multiplicar-se em seguida.
As pessoas que sofrem de alergias ou outros problemas crônicos que afetam o nariz também são propensas a episódios de sinusite aguda. Problemas nasais crônicos motivam que as membranas mucosas inchem, sendo que as passagens dos seios nasais podem tornar-se bloqueadas. As bactérias normalmente inofensivas em seu nariz e garganta podem conduzir a uma sinusite aguda.
Em geral, pessoas que têm a função imunitária reduzida, são mais propensas a sofrer de sinusite. As pessoas que têm secreção de muco anormal, tais como pessoas com fibrose cística (uma doença hereditária em que o muco espesso e viscoso entope os pulmões, causando problemas respiratórios e tornando mais fácil o crescimento das bactérias), também são mais propensas a sofrer de sinusite.
Infecções causadas por fungos, muito raramente causam sinusite aguda, porque o corpo humano tem uma natural resistência a fungos. No entanto, em pessoas cujo sistema imunológico não funciona corretamente, os fungos podem causar sinusite aguda.

domingo, 17 de agosto de 2014

Quais as causas da sinusite

Os seios paranasais, como o interior de seu nariz, são revestidos com uma fina camada de tecido chamada de membrana mucosa, que produz muco. Esse muco flui para fora através das aberturas dos seios paranasais e nariz. Quando essas aberturas ficam bloqueadas, seus seios são afetados.
Tudo o que provoca inchaço no nariz, incluindo um frio; uma condição alérgica, como a febre do feno; ou uma reação a algum produto químico ao qual você ficou exposto, podem bloquear as aberturas entre os seios paranasais e nariz. O bloqueio faz com que o ar e muco fiquem presos dentro dos seios, podendo causar dor e muco espesso.
A dor de um ataque de sinusite surge porque o ar preso e o muco exercem pressão sobre a membrana mucosa dos seios e parede óssea por trás deles. Além disso, quando uma membrana incha na abertura de um dos seios paranasais, impede o ar de entrar nos seios, o que pode criar um vácuo que provoca dor.
O muco engrossa porque perde o seu teor de água, uma vez que fica preso dentro dos seios por um longo tempo. Além disso, a inflamação leva a que materiais adicionais sejam segregadas para o muco, causando espessamento.

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Quais são os sintomas de sinusite

Um dos sintomas mais comuns de qualquer tipo de sinusite é a dor, e a localização depende do seio que é afetado. Os seios são designados em função dos ossos que os contêm.
Se você tiver dor na área da testa, o problema reside em seus seios frontais (acima dos olhos, na área da testa).
Experimentando dor entre os olhos, às vezes com inchaço das pálpebras e tecidos ao redor dos olhos, e sensibilidade quando toca os lados do nariz, pode significar sinusite em desenvolveram nos seios etmoidais (logo atrás da ponta do nariz, entre os olhos).
Dor no maxilar superior e dentes, com as bochechas afetadas, pode significar que seus seios maxilares (cada maçã do rosto) estão envolvidos.
Dor no pescoço, com dores de ouvido e dores profundas no topo de sua cabeça pode ser um sinal de que seus seios esfenoidais estão envolvidos (embora esses seios sejam afetados com menos frequência).

A maioria das pessoas com sinusite apresenta dor ou sensibilidade em vários lugares e os sintomas geralmente não indicam claramente que seios estão inflamados. A dor não é tão comum em sinusite crônica como em casos  agudos de sinusite.
Além da dor, as pessoas que apresentam sinusite (aguda ou crônica) muitas vezes têm secreções nasais espessas que podem ser brancas, amareladas, esverdeadas ou tingidas de sangue. Às vezes estas secreções drenam na parte de trás da garganta e são difíceis de limpar. Isto é referido como escorrência "pós-nasal". Além disso, casos de sinusite aguda e crônica são geralmente acompanhados de um nariz entupido, bem como um sentimento geral de plenitude sobre todo o rosto.
Os sintomas menos comuns de sinusite (aguda ou crônica) podem incluir cansaço, diminuição do olfato, tosse, que pode ser pior à noite, dor de garganta, mau hálito e febre.
Em ocasiões muito raras, sinusite aguda pode resultar em infeção cerebral e outras complicações graves.
Porque o seu nariz pode ficar entupido ou congestionado quando você tem uma condição como o resfriado comum, você pode confundir congestão nasal simples com sinusite. Um resfriado geralmente dura cerca de 7 a 14 dias e desaparece sem tratamento. A sinusite aguda geralmente dura mais tempo e normalmente provoca sintomas mais graves e persistentes do que um resfriado.

quinta-feira, 12 de junho de 2014

A Sinusite

"Sinusite" significa simplesmente que os seus seios paranasais estão inflamados, vermelhos e inchados devido a uma infeção ou a qualquer outro problema.
Seus seios, são quatro pares de cavidades (espaços preenchidos de ar), localizados dentro do crânio ou ossos da cabeça em torno do nariz. Quando as pessoas dizem: "Meus seios estão me matando", geralmente referem-se às vias respiratórias superiores que apresentam sintomas de congestão e dores.
Existem vários tipos de sinusite. Especialistas em saúde geralmente distinguem-nos do seguinte modo:
- Sinusite aguda, que dura até 4 semanas;
- Sinusite subaguda, que dura 4 a 12 semanas;
- Sinusite crônica, que dura mais de 12 semanas e pode continuar por meses ou mesmo anos;
- Sinusite recorrente, com vários ataques dentro de um ano.
Em 2009, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos E.U.A. informou que cerca de 31 milhões de adultos estavam diagnosticados com sinusite. As mulheres eram quase duas vezes mais propensas que os homens a receber o diagnóstico e houve mais casos no sul dos Estados Unidos do que no resto do país.
Índice dos artigos relativos a Sinusite

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL